Odontologia preventiva: o que é e como seu consultório pode promovê-la?

6 minutos para ler

A saúde deve ser vista como prioridade na vida das pessoas, inclusive a bucal. A odontologia preventiva é a chave para evitar problemas em relação ao sorriso e até mesmo doenças no futuro. Atualmente, a procura por um dentista surge apenas quando aparece alguma dor no dente, por exemplo. No entanto, isso pode ser um erro, já que é sempre mais vantajoso prevenir que tratar, não é mesmo?

Neste texto, vamos explicar o que é a odontologia preventiva e como promovê-la em seu consultório. Confira!

O que é a odontologia preventiva?

A odontologia preventiva é a área que tem o objetivo de manter a saúde bucal por meio de tratamentos de prevenção. Ela também tem um papel fundamental na hora de descobrir problemas que estão no estágio inicial. Além disso, a odontologia preventiva é muito atraente, já que conta com métodos de cuidados, ou seja, não é dolorida como um tratamento de canal. Inclusive essa é uma ótima maneira de evitar tratamentos mais agressivos.

Quais são os cuidados básicos da odontologia preventiva?

Para um bom atendimento nesse ramo da odontologia, o profissional deve auxiliar o paciente nos cuidados com a higienização oral que devem ser feitos em casa, como:

  • escovação dos dentes e da língua;
  • uso do fio dental;
  • uso de enxaguante bucal.

Além disso, o dentista deve solicitar exames radiográficos e realizar a profilaxia dentária, que é o processo de limpeza e conservação dos dentes, que ajuda a evitar problemas para o paciente no futuro. Dessa forma, é possível manter os dentes e gengivas saudáveis. Também, cabe ao profissional orientar que tipo de escova o paciente deve comprar, para não traumatizar a bochecha e a língua. As melhores opções são aquelas que têm cerdas macias, arredondadas e com a cabeça pequena.

Apesar de muitas pessoas não irem ao dentista regularmente, é necessário que o profissional explique a importância desse tratamento para o paciente e o papel fundamental que ele tem para que tudo corra bem. Assim, fica fácil evitar dores de cabeça devido ao mal cuidado.

Qual é a importância desse método na vida das pessoas?

A odontologia preventiva deve começar desde criança, para a pessoa crescer sabendo da importância desse tipo de cuidado para a própria saúde. Quem tem um exemplo desde cedo, compreende melhor a importância daquilo. A boca é uma parte muito poderosa de nosso corpo. A saúde bucal influencia diretamente os seguintes aspectos da qualidade de vida de um paciente:

  • diminuição do paladar;
  • estética;
  • mastigação;
  • fonação;
  • dores, entre outros.

Os problemas nos dentes ainda podem afetar o processo de digestão, já que, quando os alimentos não são mastigados de forma correta, a ingestão de vitaminas é restringida. Isso porque tudo em nosso corpo está interligado.

Quais são as vantagens da odontologia preventiva?

As pessoas costumam ter medo de ir ao dentista por causa das dores que podem sentir com os tratamentos. No entanto, elas precisam entender que com a odontologia preventiva vai ser muito mais difícil ter algum problema que precise de um tratamento dolorido. É importante que o dentista ensine aos seus pacientes as vantagens desse método, o que também ajuda a fidelizá-los. Falamos a seguir quais são as principais delas.

Mais eficaz

A odontologia preventiva é considerada mais eficaz, pois atua na causa dos problemas e não nas consequências que eles têm. Dessa forma, fica mais fácil evitar danos sérios à nossa saúde. Esse tipo de tratamento serve até mesmo para proteger o paciente de ter um câncer bucal, que é uma doença séria e que pode trazer consequências drásticas para a vida de uma pessoa.

Além disso, existem algumas doenças cardiovasculares que estão ligadas à saúde da boca. Isso porque todas as partes do nosso corpo se relacionam e a falta de cuidado em algum lugar pode trazer risco para outros.

Mais barata

Todos sabemos que alguns tratamentos dentários podem sair muito caros. No entanto, o método preventivo ajuda a não precisarmos gastar rios de dinheiro com intervenções que precisam ser feitas por falta de cuidados básicos.

Sorriso mais bonito

O sorriso é uma das partes do nosso corpo que mais influencia na autoestima. Quem tem o costume de frequentar o dentista para realizar limpezas regularmente tem os dentes menos amarelos e as gengivas mais saudáveis, deixando o sorriso mais bonito.

Melhora na socialização

O mau hálito, ou halitose, é uma condição que muitas vezes impede a socialização de pessoas que sofrem com ela. A odontologia preventiva junto a outras atitudes, como: bons hábitos de vida, alimentação saudável, higiene bucal etc., ajuda a prevenir esse incômodo.

Acompanhamento de tratamentos

A odontologia preventiva também auxilia no monitoramento e acompanhamento de tratamentos que foram realizados na região bucal. Dessa forma, fica fácil saber se tudo corre bem com a sua saúde.

Por que utilizar a odontologia preventiva?

Existem alguns programas de saúde no Brasil que já colhem os resultados da odontologia preventiva. O programa Brasil Sorridente, que foi implantado em 2003, contou com uma significativa diminuição do número de caso de cáries dentárias no país.

Por meio da orientação de um profissional da área, a população entende a importância do hábito de limpeza dos dentes e fica fácil prevenir algumas doenças. Esse programa é voltado principalmente para a parcela da população que não tem o costume de realizar consultas regulares com um dentista. Ainda tem muitas pessoas que preferem pagar por métodos estéticos, sem se preocupar e entender que a prevenção e os cuidados diários são os principais fatores que deixam o sorriso mais bonito e saudável.

Quem se preocupa muito com a beleza, sem se preocupar com a saúde, pode viver sérios problemas no futuro. Por isso, é preciso educar os pacientes para eles entenderem que nem sempre os procedimentos estéticos vão manter o sorriso perfeito, já que podem existir doenças invisíveis ali.

A odontologia preventiva, apesar de não ser muito utilizada, sempre será a melhor escolha de um paciente que quer diminuir as chances de desenvolver algum problema no futuro. Afinal, o “remédio” para as consequências pode custar caro e ser muito doloroso.

Agora que você já sabe a importância da odontologia preventiva e da divulgação desse método, leia o nosso post que ensina o que é Propel Orthodontics e como ele pode ajudar no tratamento dentário!

Posts relacionados

Deixe uma resposta